top of page
  • Erik Seifer (Pelicano)

A tal da Editorial

O artigo dessa semana é sobre playlists editoriais, e quem nos conta é Erik Seifer (Pelicano), com duas tracks na maior do gênero no Spotify, a Lo-Fi Beats.



Editoriais e sua importância


“Por mais que atualmente existam várias seleções editoriais no Spotify que abracem sons em baixa fidelidade, a Lo-Fi Beats é certamente a casa do estilo, sendo mais especificamente voltado a batidas hip-hop, mas não exclusivas a ele." Pelicano

As playlists editoriais que existem no Spotify, e em outros serviços de streaming, são aquelas cuja curadoria é feita por uma própria equipe designada pela plataforma, como as playlists “Top 50 Brasil” e “Indie Brasil”, entre as tantas outras que aparecem nas sugestões personalizadas de cada usuário. Elas são, de fato, uma importante ferramenta dentro de cada plataforma, pois são uma rápida forma de encontrar sugestões atualizadas de canções em determinado gênero, desde o Gospel até o K-Pop, da Opera ao Sertanejo.


Mais uma vez, o Lo-Fi não ficou de fora dessa brincadeira. Existem muitas playlists que tangenciam o nicho, como a Jazz Vibes, que conta com composições com influências do Jazz clássico, ou a Road Trip to Tokyo, que preza por sonoridades características japonesas. A grande maioria dessas “coletâneas musicais” são puramente instrumentais ou contendo pequenos recortes de voz, e são grandes aliadas em atividades de concentração ou de relaxamento.


Por mais que atualmente existam várias seleções editoriais no Spotify que abracem sons em baixa fidelidade, a Lo-Fi Beats é certamente a casa do estilo, sendo mais especificamente voltado a batidas hip-hop, mas não exclusivas a ele. São mais de 20 horas de músicas energéticas que cumprem, geralmente, as premissas do gênero: beats dinâmicos com intensidade e alto teor experimental, mesclando uma infinidade de influências e métodos de mixagem, sendo assim uma playlist ampla e perfeita pra quem busca conhecer mais do estilo. Vale dizer que ela faz parte do grupo de listas que é personalizado, ou seja, a ordem das músicas é dada de acordo com o perfil de consumo de cada usuário da plataforma, visando melhorar a experiência do ouvinte.




Brasileiros em destaque


"É um grande privilégio ter duas músicas na Lo-Fi Beats, as duas permanecendo um ano, bombando e somando quase 6 milhões de plays." Leo Franciozi

Leo Franciozi é um produtor de São Paulo que teve sua primeira música coroada na Lo-Fi Beats no meio do ano passado, Festival das Flores, mas nos conta que a história não começou ali. “Essa música é um trabalho de 2018 que foi relançado no álbum “Elevator” no ano seguinte, no Spotify e em fita cassete, e apenas em 2020 entrou na editorial. Semana passada ela bateu 3 milhões de reproduções!”


“Quando comecei a trabalhar as ferramentas de divulgação eram mais limitadas, não tinha essas playlists grandes, os produtores se concentravam no Youtube e Soundcloud. É um grande privilégio ter duas músicas na Lo-Fi Beats, as duas permanecendo um ano, bombando e somando quase 6 milhões de plays”


Leo ressalta que, por mais que a adição desses trabalhos tenha mudado sua vida e turbinado o número de ouvintes, uma playlist não deve deixar o artista acomodado.


"Independente de estar ou não em playlists editoriais, o importante é continuar o trabalho firme. Esse tipo de conquista deve motivar ainda mais os produtores a continuar entregando lançamentos de qualidade a seu público cativo e aos ouvintes novos que vão chegando.” Leo Franciozi

Outros brasileiros que garantiram seu lugar nessa editorial foram os produtores DJ Lagoa e Pelicano, com o single “Early Bird”, uma música meditativa e atmosférica. Somando 500 mil ouvintes mensais, a dupla já havia trabalhado em conjunto em 2020, e com o lançamento sendo adicionado à playlist logo no dia seguinte, já acumulam 350 mil reproduções nessa música no Spotify. Anteriormente, Pelicano já havia sido apresentado à lista editorial com “minas gerais”, parte do álbum “Urbanscape”. Ambos foram lançamentos da label Tangerina Music.


O grupo Simple Lo-fi foi outro a ter duas músicas adicionadas: “Mi Sento Bene”, em parceria com Ney Marques, lançada em 2020, e "Popcorn", com o produtor Maiscelinho, que já somam quase 4 milhões de acessos nesses singles.


"Entrar em uma editorial deve ser um dos grandes objetivos do produtor, mas nunca ser o único. Quando estou produzindo, imagino a track em uma dessas listas e sempre é uma ansiedade enorme para o lançamento, cria uma expectativa se vai entrar ou não nas editoriais. É um sentimento muito louco." DJ Lagoa

Dá pra citar diversos outros exemplos de produtores brasileiros que integram ou já integraram a Lo-Fi Beats, e ao longo do tempo se descobre algum brazuca novo ali. Beaumont, Lusca061 e Chiccote’s Beats são alguns dos nomes que, junto aos anteriores, são uma representação do Lo-Fi Hip Hop Brasileiro dentro da playlist.


E para ter uma chance de entrar pra essa lista, qualquer artista pode se candidatar através do processo de pitching. Basta ter um perfil artístico e realizar a distribuição da música e, dentro da própria plataforma, preencher um formulário com informações sobre o lançamento. Que venham cada vez mais brasileiros nessa e nas tantas outras playlists editoriais!


“Essa visibilidade toda é um auge na carreira de um produtor, mas é preciso ter maturidade para não cair em furadas. Muita gente surge com propostas idealizadas ou abusivas, inclusive gravadoras querendo comprar os direitos das músicas.” Leo Franciozi

Lo-Fi Beats



1 Comment


leoduarteoficial
Jun 12, 2021

Post, top. Parabéns a todos.

Atenciosamente,

Leo.drummer - https://open.spotify.com/artist/7gwqxYpgDJabcweudcwoUd

Like
bottom of page